Array
(
    [id_post] => 21
    [meta_title] => Nivelação e calibragem da base da impressora 3D
    [meta_description] => Uma das partes mais importantes a calibrar em uma impressora 3D é a base ou cama, já que, em caso de não estar bem nivelada, não obter-se-ão bons resultados de impressão.
    [short_description] => Os utentes de impressoras 3D domésticas (FFF/FDM) com frequência podem-se encontrar com problemas de vários tipos, que podem ser devidos a um filamento de má qualidade, parâmetros de impressão indevidos, condições pouco apropriadas para a localização das impressoras 3D (como ambientes húmidos, frios ou com correntes de ar) e a falta de manutenção, e calibragem da impressora 3D.
    [meta_keyword] => 
    [content] => 

Os utentes de impressoras 3D domésticas (FFF/FDM) com frequência podem-se encontrar com problemas de vários tipos, que podem ser devidos a um filamento de má qualidade, parâmetros de impressão indevidos, condições pouco apropriadas para a localização das impressoras 3D (como ambientes húmidos, frios ou com correntes de ar) e a falta de manutenção, e calibragem da impressora 3D.

Uma das partes mais importantes a calibrar em uma impressora 3D é a base ou cama, já que, em caso de não estar bem nivelada, não obter-se-ão bons resultados de impressão.

Este processo de calibragem da cama, dependendo do modelo de impressora 3D, pode ser das seguintes formas:

  • Auto nivelação assistida: Impressoras como a 3DKreation Motion contam com este sistema, o qual consta de um ajuste de altura mediante o giro dos parafusos da base e com os leds de ajuda que tem a própria impressora 3D, que mudam de cor vermelho a verde quando está à altura idónea.
  • Nivelação compensatoria: A impressora 3D faz uma medição inicial, por pontos, da distância entre o extrusor e a base. Depois, à hora da impressão, o eixo z varia a altura, na mesma capa, para manter sempre constante a distância entre o extrusor e a base.
  • Nivelação manual: Ajusta-se a nivelação da cama mediante o giro dos parafusos da própria cama.

Neste artigo centrar-nos-emos no caso de nivelação manual, por ser o mais habitual na grande maioria de impressoras 3D FFF/FDM do mercado.

Recomendações iniciais

Se a impressora 3D dispõe de base de cristal e utilizamos algum spray fijador (como Magigoo3DLac ou DimaFix), é aconselhável lavar bem a base para evitar possíveis problemas ao a nivelar. É vital também, retirar qualquer resto de filamento que se encontre pendurando do nozzle, porque caso contrário, teremos um erro de medida produzido por esse sedimento de material.

Por outra parte, devem-se colocar no ponto médio do seu percurso os parafusos de regulação da própria base. Além disso, ao realizar o "home" do eixo z,deve-se deslocar o final de carreira do eixo z, alargando a distância entre a base e o extrusor, para evitar possíveis contactos, ou inclusive rompimentos do cristal ou de algum suporte da impressora 3D.

Ajuste do eixo x

É necessário ajustar este eixo (que é pelo que se move o próprio extrusor) para que ao se deslocar o extrusor não se produzam variações de altura entre a ponta deste e a base. Para começar, deve-se comprovar que a altura em ambos lados seja a mesma, medindo desde um ponto do script do eixo z a um ponto fixo da impressora 3D. Para igualá-la, gira-se manualmente o motor do lado que se precisa ajustar, sujeitando do outro lado para que não gire. Se não fazemos isto, e como os motores do eixo z estão ligados em paralelo, ao fazer girar um, geraria eletricidade e giraria o outro.

Z axis height
Z axis height

Ajuste do final de carreira do eixo z

Para este passo, se a impressora 3D não dispõe de nivelado assistido, utilizar-se-ão programas de impressão 3D como Cura3d ou Pronterface, que têm assistente para fazer "home" em z ou diretamente um apartado de nivelação de base. O software realiza a deslocação do eixo z e ajusta-se manualmente o final de carreira até que fique muito próxima a ponta do extrusor à base.

Ajuste dos cantos da base

Neste passo deve-se que ter em conta o diâmetro de saída do nozzle. A altura ideal é sempre a metade do diâmetro de saída. Isto é, se a impressora 3D tem um nozzle de 0.6mm, a altura ideal seria 0.3mm. Para que esta distância seja exata utilizar-se-á uma galga dessa espessura, ou na sua ausência, e como a maioria das impressoras 3D utilizam um nozzle de 0.4mm, empregar-se-á uma folha de papel de 80g que tem uma espessura aproximada de 0.2mm. Introduzimos a folha entre a ponta do extrusor e a base, e fazemos baixar o eixo z até o "home". A altura será correta quando a folha não esteja completamente livre, nem fique tirante, se não que quando se note rozar a folha de papel com o nozzle.

Para ajustar esta distância gira-se o parafuso para um sentido ou para o outro, em função de se precisa-se subir ou baixar a base. Este processo terá que realizar nas proximidades dos parafusos de nivelação da própria base as vezes necessárias até conseguir a altura ideal.

Z limit switch
Fim de carreira do eixo z.
Calibrete nozzle distance
Distância ideal entre nozzle e a base.

Com só dedicar uns minutos a realizar estes passos de nivelação da base, evitar-se-ão muitos problemas de impressão.

Queres receber artigos como este no teu e-mail?

Subscreve-te à nossa newsletter mensal e receberás todos os meses no teu e-mail as últimas novidades e conselhos sobre impressão 3D.

* Ao registar-se aceita a nossa política de privacidade.

[active] => 1 [created] => 2017-05-29 10:16:53 [comment_status] => 1 [viewed] => 38593 [is_featured] => 0 [post_type] => 0 [id_category] => 2 [lastname] => Filament [firstname] => Admin [post_img] => 21.jpg ) 1
  • $options.id_post: 21
  • $options.slug:
  • https://filament2print.com/pt/blog/21_.html
  • es
  • gb
  • pt
  • fr
  • Nivelação e calibragem da base da impressora 3D

    Nivelação e calibragem da base da impressora 3D

    Os utentes de impressoras 3D domésticas (FFF/FDM) com frequência podem-se encontrar com problemas de vários tipos, que podem ser devidos a um filamento de má qualidade, parâmetros de impressão indevidos, condições pouco apropriadas para a localização das impressoras 3D (como ambientes húmidos, frios ou com correntes de ar) e a falta de manutenção, e calibragem da impressora 3D.

    Uma das partes mais importantes a calibrar em uma impressora 3D é a base ou cama, já que, em caso de não estar bem nivelada, não obter-se-ão bons resultados de impressão.

    Este processo de calibragem da cama, dependendo do modelo de impressora 3D, pode ser das seguintes formas:

    • Auto nivelação assistida: Impressoras como a 3DKreation Motion contam com este sistema, o qual consta de um ajuste de altura mediante o giro dos parafusos da base e com os leds de ajuda que tem a própria impressora 3D, que mudam de cor vermelho a verde quando está à altura idónea.
    • Nivelação compensatoria: A impressora 3D faz uma medição inicial, por pontos, da distância entre o extrusor e a base. Depois, à hora da impressão, o eixo z varia a altura, na mesma capa, para manter sempre constante a distância entre o extrusor e a base.
    • Nivelação manual: Ajusta-se a nivelação da cama mediante o giro dos parafusos da própria cama.

    Neste artigo centrar-nos-emos no caso de nivelação manual, por ser o mais habitual na grande maioria de impressoras 3D FFF/FDM do mercado.

    Recomendações iniciais

    Se a impressora 3D dispõe de base de cristal e utilizamos algum spray fijador (como Magigoo3DLac ou DimaFix), é aconselhável lavar bem a base para evitar possíveis problemas ao a nivelar. É vital também, retirar qualquer resto de filamento que se encontre pendurando do nozzle, porque caso contrário, teremos um erro de medida produzido por esse sedimento de material.

    Por outra parte, devem-se colocar no ponto médio do seu percurso os parafusos de regulação da própria base. Além disso, ao realizar o "home" do eixo z,deve-se deslocar o final de carreira do eixo z, alargando a distância entre a base e o extrusor, para evitar possíveis contactos, ou inclusive rompimentos do cristal ou de algum suporte da impressora 3D.

    Ajuste do eixo x

    É necessário ajustar este eixo (que é pelo que se move o próprio extrusor) para que ao se deslocar o extrusor não se produzam variações de altura entre a ponta deste e a base. Para começar, deve-se comprovar que a altura em ambos lados seja a mesma, medindo desde um ponto do script do eixo z a um ponto fixo da impressora 3D. Para igualá-la, gira-se manualmente o motor do lado que se precisa ajustar, sujeitando do outro lado para que não gire. Se não fazemos isto, e como os motores do eixo z estão ligados em paralelo, ao fazer girar um, geraria eletricidade e giraria o outro.

    Z axis height
    Z axis height

    Ajuste do final de carreira do eixo z

    Para este passo, se a impressora 3D não dispõe de nivelado assistido, utilizar-se-ão programas de impressão 3D como Cura3d ou Pronterface, que têm assistente para fazer "home" em z ou diretamente um apartado de nivelação de base. O software realiza a deslocação do eixo z e ajusta-se manualmente o final de carreira até que fique muito próxima a ponta do extrusor à base.

    Ajuste dos cantos da base

    Neste passo deve-se que ter em conta o diâmetro de saída do nozzle. A altura ideal é sempre a metade do diâmetro de saída. Isto é, se a impressora 3D tem um nozzle de 0.6mm, a altura ideal seria 0.3mm. Para que esta distância seja exata utilizar-se-á uma galga dessa espessura, ou na sua ausência, e como a maioria das impressoras 3D utilizam um nozzle de 0.4mm, empregar-se-á uma folha de papel de 80g que tem uma espessura aproximada de 0.2mm. Introduzimos a folha entre a ponta do extrusor e a base, e fazemos baixar o eixo z até o "home". A altura será correta quando a folha não esteja completamente livre, nem fique tirante, se não que quando se note rozar a folha de papel com o nozzle.

    Para ajustar esta distância gira-se o parafuso para um sentido ou para o outro, em função de se precisa-se subir ou baixar a base. Este processo terá que realizar nas proximidades dos parafusos de nivelação da própria base as vezes necessárias até conseguir a altura ideal.

    Z limit switch
    Fim de carreira do eixo z.
    Calibrete nozzle distance
    Distância ideal entre nozzle e a base.

    Com só dedicar uns minutos a realizar estes passos de nivelação da base, evitar-se-ão muitos problemas de impressão.

    Queres receber artigos como este no teu e-mail?

    Subscreve-te à nossa newsletter mensal e receberás todos os meses no teu e-mail as últimas novidades e conselhos sobre impressão 3D.

    * Ao registar-se aceita a nossa política de privacidade.

    3 Comentários

    • Avatar
      reyes uriel
      nov 9, 2018

      Cuanto cuesta el calibrador para impresora 3D, espero una respuesta, Saludos

      • Avatar
        Filament2print
        nov 9, 2018

        ¿A que te refieres concretamente con "el calibrador para impresora 3D"?

    • Avatar
      Fidel
      abr 12, 2019

      Saludos y gracias por compartir

    Deixe um comentário

    Todos os campos são obrigatórios

    Nome:
    E-mail: (Não publicado)
    Comentário: