Extrusores 

Existem 22 produtos.

Os extrusores são os encarregados de apanhar e processar o filamento para as impressões 3D. Dispõe-se de extrusores especiais para filamentos flexíveis.

Mostrando 1 - 22 de 22 itens

Tipos de extrusores: Direta

No extrusor direto, como o seu próprio nome indica, o filamento decorre diretamente desde a roda dentada do extrusor ao HotEnd. Inclusive há sistemas nos que estas duas partes estão juntas, como no Titan Aero.

Os extrusores diretos permitem imprimir materiais rígidos e flexíveis (1.75 mm e 2.85 mm) sem importar a composição do filamento. Outra vantagem é que precisam baixas longitudes de retração, reduzindo o tempo de impressão e aumentando a vida útil do motor do extrusor. O seu principal inconveniente são as inércias produzidas no eixo da impressora no que se move a extrusora, provocadas pelo peso e o desequilíbrio do centro de massas com respeito ao eixo. Outro inconveniente pode aparecer em impressoras fechadas e com câmara temperada que podem alcançar temperaturas no motor do extrusor que afetam ao rendimento de funcionamento.

Tipos de extrusores: Bowden

Nos extrusores Bowden, pelo contrário que os extrusores diretos, a união com o HotEnd é através de um cano PTFE pelo que decorre o filamento.

Estes extrusores apresentam baixas inércias no eixo de deslocação do HotEnd. O sistema Bowden ao estar o extrusor e o motor da extrusora ancorados ao chassis da impressora 3D reduzem-se muito as inércias no movimento para realizar a impressão. Isto permite elaborar impressões muito rápidas e ao mesmo tempo de alta qualidade. A sua principal desvantagem é a grande dificuldade para imprimir filamentos flexíveis (TPE) de diâmetro 1.75 mm. Isto se deve a que ao ser um filamento flexível não é possível manter constante a pressão no filamento ao longo do cano Bowden PTFE até o HotEnd, já que flecta o filamento. Nos sistemas Bowden de 2.85 mm no entanto sim que é possível imprimir os filamentos flexíveis a baixa velocidade.