1
  • $options.id_post:
  • $options.slug:
  • https://filament2print.com/pt/blog/_.html
  • es
  • gb
  • pt
  • fr
  • PolySupport View larger

    PolySupport

    Polymaker

    Novo produto

    12 Itens

    39,55 €sem IVA
    47,86 €com IVA

    Solicitar informação

    Material criado para suporte para peças de formas complexas, ser removido facilmente e sem restos.

    As impressoras 3D com tecnologia FFF/FDM facilitam a realização de todo o tipo de peças, inclusive as que contêm partes suspendidas no ar graças aos suportes que se geram com os softwares de laminação, sobre os que se apoia a peça. Mas se estes suportes criam-se do mesmo que o utilizado para criar a peça, por exemplo PLA, se volta difícil separar da peça uma vez finalizada a impressão. Por isso, PolyMaker criou o PolySupport, um filamento com um conjunto de características que rompem com todo o tipo de impedimentos na impressão 3D.

    Vídeo 1: PolySupport. Fonte: Polymaker

    As características que mais destacam deste filamento são:

    1-Fácil e rápido:

    O segredo do PolySupport para que seja fácil e rápido de imprimir é a grande aderência que apresenta entre capas. A união entre capas é o suficiente forte para manter a estrutura e assim ser removido à mão, sem a necessidade de utilizar ferramentas elétricas nem um complicado poós-processado, lo que provocaria um acréscimo considerado do tempo para conseguir a peça libertada dos suportes.

     União entre capas

    Imagem 1: União entre capas. Fonte: Polymaker

    2-Desprendimento limpo:

    Este filamento apresenta uma qualidade que poucos filamentos de suporte têm, e é que não se adere ao modelo, se não que o suporta sem ter uma união nem uma fusão entre o suporte e a peça. Isto se converte em uma peça livre de restos indesejados para conseguir a peça desejada.

     Desprendimento limpo

    Imagem 2: Desprendimento limpo. Fonte: Polymaker

    3-Extrusor individual ou duplo:

    Outra vantagem que apresenta o PolySupport é que pode ser utilizado tanto em um extrusor simple (onde o material que compõe a peça e o suporte seria o mesmo), como em um extrusor duplo, onde se utiliza só como material de suporte, combinado normalmente com PLA. Em caso de utilizar este material como suporte e material da peça, se recomenda utilizar um recheado de 50% ou mais, para que o modelo seja resistente e funcional de forma parecida ao PLA.

    Modelo realizado com PolySupport

    Imagem 3: Modelo realizado com PolySupport. Fonte: Polymaker

    4-Conservação de longa duração:

    Em comparação com outros materiais de suporte que são muito delicados a nível de humidade e temperatura, este filamento é resistente à absorção de humidade e às mudanças de temperatura. Mesmo assim recomenda-se armazenar o PolySupport na sua saca original reutilizável para que o filamento possa oferecer sempre o seu máximo rendimento.

     

    5-Qualidade garantida:

    PolyMaker para manter o seu alto standard nos filamentos para a impressão 3D, garante a qualidade dos seus produtos e neste caso designadamente a do PolySupport, realizando até oito controlos com um alto nível de exigência para garantir impressões 3D singelas, fiáveis e precisas a todos os utentes.

      

    As bobinas de PolySupport vêm dentro de uma caixa de grande resistência na qual se mostram a informação geral do produto: cor, diâmetro, quantidade do filamento e as temperaturas recomendadas de impressão. Para saber mais sobre o PolySupport no interior da cada caixa há uma brochura com informação detalhada sobre o produto. As bobinas de Polymaker apresentam umas marcas calibradas que indicam a quantidade aproximada que fica de filamento, algo de grande ajuda para saber se a quantidade que se dispõe de material é suficiente para a seguinte impressão 3D.

    Empacotado

    Imagem 4: Empacotado. Fonte: Polymaker

    O em âmbito da impressão 3D existem também outros filamentos específicos para a realizar a função de suporte como o HIPS (para o ABS), o PVA (para Nylon) ou o Lay-Cloud (para materiais flexíveis como o FilaFlex ou o Flexfill 98A TPU).

    Resistência à umidade Resistência à umidade
    Ocultar variações de cores (Ocultar variações de cores)

    O utente deve revisar que tanto o suporte da peça como o Raft seja impresso com o PolySupport e que nunca a velocidade de impressão seja maior a 50mm/s.

    À hora de utilizar suportes para as peças, é importante conhecer os dois tipos de apoios que existem em função da sua estrutura: apoio aberto e apoio fechado. O apoio aberto é aquele suporte que só se localiza na base da peça, nunca no médio dela e se caracteriza por poder o retirar completamente sem o romper.

    O apoio fechado é o que se encontra no médio da peça, sendo o típico suporte para ocos internos. Para conseguir a peça final há que romper o apoio e depois o remover com facilidade. Pode dar-se o caso no que existam os dois tipos de apoio na mesma peça.

    PolySupport com PolyMax PLA

    Imagem 1: PolySupport com PolyMax PLA. Fonte: Polymaker

     

    Duplo extrusor:

    -Apoio aberto: A densidade do suporte recomendada é de 40% ou mais, para poder retirá-lo de uma só peça sem deixar restos e assim poupar tempo de pós-processado. Para este caso, no que é fácil remover o suporte, se recomenda utilizar o recheado do suporte com direção perpendicular entre capas, que é mais eficaz que o paralelo à hora de realizar o trabalho de apoio. O ângulo máximo para suportes recomendado é de 45º (ângulo a partir do qual se realizam os suportes) já que costuma ser o ângulo máximo que é capaz de realizar a maioria das impressoras 3D.

    Apoio aberto

    Imagem 2: Apoio aberto. Fonte: Polymaker

     

    -Apoio fechado: Neste caso precisam-se uns valores inferiores de densidade do suporte, entre o 20% e o 50%, lembrando sempre que os softwares de laminação oferecem a opção de variar a densidade ao alto do suporte(mais denso nas caras de contacto com a peça e menos no resto), e assim facilitar o processo de remover o suporte. Se utilizam-se valores superiores aos recomendados aumenta-se de dificuldade para retirar o apoio da peça ao ser mais resistente ao rompimento. Pelo contrário que no caso aberto, se recomenda utilizar o recheado do suporte com direção paralela entre capas, mas mantendo o mesmo ângulo máximo para suportes (45º).

    Apoio fechado

    Imagem 3: Apoio fechado. Fonte: Polymaker

     

    Un extrusor:

    Ao utilizar só um extrusor se deve comprovar que a temperatura e a velocidade de impressão seja a recomendada ao início. Os conselhos de uso para o apoio aberto e fechado são os mesmos que no caso de duplo extrusor mas, com a diferença de que a densidade de recheado deve ser superior ao 50% para conseguir peças com uma resistência superior ao PLA. Neste caso a peça e o suporte serão por tanto do filamento PolySupport.

    Crânio com suportes

    Imagem 4: Crânio com suportes. Fonte: Polymaker

    Crânio final

    Imagen 5: Crânio final. Fonte: Polymaker

       

    Conselhos e truques para modelos complexos:

    O modelo do elefante apresenta uma forma complexa para imprimir na posição natural do animal, precisando muitos apoios e de formas complexas em zonas como na bicha e na ponta do marfim, dando local inclusive a uma impressão 3D frustrada. Neste caso a solução mais ótima é girar ao elefante e colocar na posição com as patas para acima, como se pode ver na imagem. Assim se precisa pouca quantidade de suporte e se consegue a peça de forma mais singela, rápida e com um acabamento excelente.

    Elefante com suporte

    Imagem 6: Elefante com suporte. Fuente: Polymaker

    Elefante final

    Imagem 7: Elefante final. Fuente: Polymaker
    Informação geral
    Fabricante Polymaker (Europa)
    Material PolySupport
    Formato Bobina de 750g
    Densidade 1.22 g/cm3
    Diâmetro de filamento 1.75 ou 2.85 mm
    Tolerância de diâmetro ±0,05 mm
    Longitude filamento ±255 m (Ø 1.75 mm)
    ±96 m (Ø 2.85 mm)
    Cor Branco
    RAL/Pantone -
    Propriedades de impressão
    Temperatura de impressão 220-230ºC
    Temperatura cama de impressão 25-60ºC
    Temperatura de câmara Não necessária
    Ventilador de capa Aconselhável
    Velocidade de impressão recomendada 20-40 mm/s
    Separação de Raft 0 mm
    Retração 1 mm
    Velocidade de retração 20 mm/s
    Propriedades mecânicas
    Resistência ao impacto Izod  -
    Resistência ao impacto Charpy -
    Alongamento ao rompimento -
    Resistência à tração -
    Módulo de tração  -
    Resistência à flexão  -
    Módulo de flexão -
    Dureza superficial  -
    Propriedades térmicas
    Temperatura de amolecimento -
    Temperatura de fusão -
    Propiedades específicas
    Transparência -
    Secagem do filamento 80ºC - 8h
    Informação adicional
    HS Code 3916.9
    Diâmetro exterior carretel 200 mm
    Diâmetro buraco interior carretel 55 mm
    Largo carretel 45 mm


    * Os valores típicos detalhados nesta tabela devem considerar-se a modo de referência. Os valores reais podem variar segundo o modelo de impressora 3D utilizado, desenho da peça e condições de impressão. Aconselhamos confirmar os resultados e propriedades finais com teste próprios. Para mais informação deve-se consultar a ficha técnica do produto.

    7 outros produtos da mesma categoria: