Array
(
    [id_post] => 66
    [meta_title] => Como colar peças de impressão 3D
    [meta_description] => Os utentes de uma impressora 3D sempre aspiram a realizar peças a cada vez mais complexas e de maior tamanho, mas muitas vezes se encontram limitados, não pelos seus conhecimentos, senão pela sua impressora 3D ou pela incompatibilidade de realizar uma peça em uma só parte. A solução mais singela e económica é realizar uma peça por partes e depois colá-las.
    [short_description] => Os utentes de uma impressora 3D sempre aspiram a realizar peças a cada vez mais complexas e de maior tamanho, mas muitas vezes se encontram limitados, não pelos seus conhecimentos, senão pela sua impressora 3D ou pela incompatibilidade de realizar uma peça em uma só parte. A solução mais singela e económica é realizar uma peça por partes e depois colá-las.
    [meta_keyword] => 
    [content] => 

Os utentes de uma impressora 3D sempre aspiram a realizar peças a cada vez mais complexas e de maior tamanho, mas muitas vezes se encontram limitados, não pelos seus conhecimentos, senão pela sua impressora 3D ou pela incompatibilidade de realizar uma peça em uma só parte. A solução mais singela e económica é realizar uma peça por partes e depois colá-las. A seguir apresentamos os tipos de adesivos, tipos de uniões e recomendações para colar peças com sucesso:

Tipos de adesivos

Nos inícios da impressão 3D FDM utilizavam-se colas convencionais para o PLA e dissoluções de ABS para colar entre se este material. Estes tipos de adesivos estão em desuso como a união resultava frustrada em certas situações, como em ambientes húmidos, frios ou em casos onde as peças estavam expostas a vibrações. Com a evolução da tecnologia desenvolveram-se adesivos específicos para a impressão 3D para evitar os problemas citados anteriormente, como o PrintaGlue, uma cola com um tempo de secado de 30 segundos e válido para a maioria de filamentos existentes. Também podemos encontrar colas específicos para filamentos de nylon, concretamente o Taulman Complete. Este produto foi desenvolvido como os adesivos convencionais não penetravam na superfície lisa e escorregadio que costuma apresentar este material.

Por último, empresas conhecidas internacionalmente como LOCTITE, desenvolveram adesivos específicos para a impressão 3D e válidos para todas as tecnologias existentes: FDM, SLS, SLA, DLP e mais. Os seus produtos estrela são o LOCTITE 3DP Instant Bonder, uma cola de cianoacrilato de curado ultra rápido (poucos segundos) e de um só componente; e o LOCTITE 3DP Universal Bonder, uma cola dois componentes (cianocrilato/metacrilato) de curado em poucos minutos (3-6 min), ideal para colar todo o tipo de peças ou inclusive rechear buracos.

Tipos de uniões

Uma vez elegido o adesivo que melhor se ajusta à peça e ao material, se deve estudar qual é a melhor geometria de união entre as partes. Pelo normal, os utentes realizam cortes planos e paralelos para unir peças, mas esse tipo de união oferece resultados de baixa aderência em comparação com outras geometrias. Na seguinte tabela mostram-se os tipos de união recomendados:

UniãoButtScarfStepped
scarf
Stepped
lap
Tongue
and
groove
Saw
tooth
Auto alinhamento Não Não Alta Alta Muito alta Muito alta
Área conectada Bom Alta Alta Alta Alta Alta
Distr. estresse Bom Alta Alta Muito alta Muito alta Muito alta
UniãoAuto
alinh.
Área
conectada
Distr.
estresse
Butt Não Bom Bom
Scarf Não Alta Alta
Stepped scarf Alta Alta Alta
Stepped lap Alta Alta Muito alta
Tongue and groove Muito alta Alta Muito alta
Saw tooth Muito alta Alta Muito alta
Tabela 1: Tipos de união. Fonte: LOCTITE

Para facilitar a fabricação e posterior união das partes de uma peça deve-se ter em conta os esforços que suportará para eleger o tipo de união mais favorável e incorporar no desenho.

Recomendações

Ao igual que o pintado ou tratamento da superfície de uma peça, para colar diferentes partes de uma peça ou várias peças entre si, se devem seguir uma série de recomendações.

O primeiro passo sempre é limpar as superfícies que se desejam unir e assegurar que estão livres de pó, gordurosa, azeites ou resina sem solidificar no caso de peças realizadas por impressão 3D de resina. Para o passo anterior existem produtos como LOCTITE SF 7063, que eliminam com eficácia todo o tipo de sujeira. Uma vez as superfícies estejam limpas e secas, deve-se aplicar uma capa de adesivo em uma das caras a unir e montar as partes exercendo uma ligeira pressão para conseguir o contacto total entre as superfícies durante o tempo de curado do adesivo. Por último, deve-se retirar o excesso de adesivo antes de que solidifique ou lixar depois.

Seguindo as recomendações deste artigo seguro que consegue aumentar o seu poder de fabricação, obtendo peças de maior tamanho e complexidade sem problema. Não duvide em comentar se tem perguntas e compartilha nas nossas redes sociais todas as peças e desenhos que realize utilizando os conselhos citados.

Queres receber artigos como este no teu e-mail?

Subscreve-te à nossa newsletter mensal e receberás todos os meses no teu e-mail as últimas novidades e conselhos sobre impressão 3D.

* Ao registar-se aceita a nossa política de privacidade.

[active] => 1 [created] => 2019-07-10 12:34:05 [comment_status] => 1 [viewed] => 4431 [is_featured] => 0 [post_type] => 0 [id_category] => 2 [lastname] => Filament [firstname] => Admin [post_img] => 66.jpg ) 1
  • $options.id_post: 66
  • $options.slug:
  • https://filament2print.com/pt/blog/66_.html
  • es
  • gb
  • pt
  • fr
  • Como colar peças de impressão 3D

    Como colar peças de impressão 3D

    Os utentes de uma impressora 3D sempre aspiram a realizar peças a cada vez mais complexas e de maior tamanho, mas muitas vezes se encontram limitados, não pelos seus conhecimentos, senão pela sua impressora 3D ou pela incompatibilidade de realizar uma peça em uma só parte. A solução mais singela e económica é realizar uma peça por partes e depois colá-las. A seguir apresentamos os tipos de adesivos, tipos de uniões e recomendações para colar peças com sucesso:

    Tipos de adesivos

    Nos inícios da impressão 3D FDM utilizavam-se colas convencionais para o PLA e dissoluções de ABS para colar entre se este material. Estes tipos de adesivos estão em desuso como a união resultava frustrada em certas situações, como em ambientes húmidos, frios ou em casos onde as peças estavam expostas a vibrações. Com a evolução da tecnologia desenvolveram-se adesivos específicos para a impressão 3D para evitar os problemas citados anteriormente, como o PrintaGlue, uma cola com um tempo de secado de 30 segundos e válido para a maioria de filamentos existentes. Também podemos encontrar colas específicos para filamentos de nylon, concretamente o Taulman Complete. Este produto foi desenvolvido como os adesivos convencionais não penetravam na superfície lisa e escorregadio que costuma apresentar este material.

    Por último, empresas conhecidas internacionalmente como LOCTITE, desenvolveram adesivos específicos para a impressão 3D e válidos para todas as tecnologias existentes: FDM, SLS, SLA, DLP e mais. Os seus produtos estrela são o LOCTITE 3DP Instant Bonder, uma cola de cianoacrilato de curado ultra rápido (poucos segundos) e de um só componente; e o LOCTITE 3DP Universal Bonder, uma cola dois componentes (cianocrilato/metacrilato) de curado em poucos minutos (3-6 min), ideal para colar todo o tipo de peças ou inclusive rechear buracos.

    Tipos de uniões

    Uma vez elegido o adesivo que melhor se ajusta à peça e ao material, se deve estudar qual é a melhor geometria de união entre as partes. Pelo normal, os utentes realizam cortes planos e paralelos para unir peças, mas esse tipo de união oferece resultados de baixa aderência em comparação com outras geometrias. Na seguinte tabela mostram-se os tipos de união recomendados:

    UniãoButtScarfStepped
    scarf
    Stepped
    lap
    Tongue
    and
    groove
    Saw
    tooth
    Auto alinhamento Não Não Alta Alta Muito alta Muito alta
    Área conectada Bom Alta Alta Alta Alta Alta
    Distr. estresse Bom Alta Alta Muito alta Muito alta Muito alta
    UniãoAuto
    alinh.
    Área
    conectada
    Distr.
    estresse
    Butt Não Bom Bom
    Scarf Não Alta Alta
    Stepped scarf Alta Alta Alta
    Stepped lap Alta Alta Muito alta
    Tongue and groove Muito alta Alta Muito alta
    Saw tooth Muito alta Alta Muito alta
    Tabela 1: Tipos de união. Fonte: LOCTITE

    Para facilitar a fabricação e posterior união das partes de uma peça deve-se ter em conta os esforços que suportará para eleger o tipo de união mais favorável e incorporar no desenho.

    Recomendações

    Ao igual que o pintado ou tratamento da superfície de uma peça, para colar diferentes partes de uma peça ou várias peças entre si, se devem seguir uma série de recomendações.

    O primeiro passo sempre é limpar as superfícies que se desejam unir e assegurar que estão livres de pó, gordurosa, azeites ou resina sem solidificar no caso de peças realizadas por impressão 3D de resina. Para o passo anterior existem produtos como LOCTITE SF 7063, que eliminam com eficácia todo o tipo de sujeira. Uma vez as superfícies estejam limpas e secas, deve-se aplicar uma capa de adesivo em uma das caras a unir e montar as partes exercendo uma ligeira pressão para conseguir o contacto total entre as superfícies durante o tempo de curado do adesivo. Por último, deve-se retirar o excesso de adesivo antes de que solidifique ou lixar depois.

    Seguindo as recomendações deste artigo seguro que consegue aumentar o seu poder de fabricação, obtendo peças de maior tamanho e complexidade sem problema. Não duvide em comentar se tem perguntas e compartilha nas nossas redes sociais todas as peças e desenhos que realize utilizando os conselhos citados.

    Queres receber artigos como este no teu e-mail?

    Subscreve-te à nossa newsletter mensal e receberás todos os meses no teu e-mail as últimas novidades e conselhos sobre impressão 3D.

    * Ao registar-se aceita a nossa política de privacidade.

    Deixe um comentário

    Todos os campos são obrigatórios

    Nome:
    E-mail: (Não publicado)
    Comentário: